Banner
Banner
Banner
Banner
Notícia
Pedalando De Sinop a Alta Floresta (MT)
foto da noticia

Cicloturistas: Luiz Roberto de Matos- 57 anos e Sirlei Dal Maso 51 anos

 

O cicloturismo entrou na nossa vida em 2000 por estarmos trabalhando  na área das bicicletas.

 

Durante 05 anos trabalhando área de bicicleta no sul do Brasil e saindo pedalar com amigos de 15 a 20 km por semana. Em 2006, fomos Encontro de Cicloturismo em Timbó, no lançamento do Circuito Vale Europeu de Cicloturismo, onde veio o encantamento total pela atividade. Muitos desafios e viagens na vida dos dois. Sempre incentivando as pessoas a fazerem pequenos percursos e aumentar as distâncias e descobrir inúmeras possibilidades de percursos , novos amigos, curtir o ambiente e natureza.

 

Em 2015, por também termos vivido muito tempo no Mato Grosso, lançamos o desafio de fazer um percurso entre duas cidades do nortão do Estado.

 

Percurso: SINOP A ALTA FLORESTA (MT).   310 KM.

 

A distância era um desafio a ser superado, porem o desafio maior : temperaturas de 36 a 40 graus e percurso por uma rodovia Federal com trafego intenso e com acostamento muito estreito.

 

Solução: viajar à noite.

 

31/10 – 1º trecho – Sinop a Santa Helena (Rodovia BR 163) – 110 km

Saída  17 :00 horas e chegada 01;30 em Sta Helena. Trechos com chuva, mas com segurança e com um carro de apoio com alimentação.

 

 

01/11 – 2º trecho – Santa Helena e a Nova Canna-  90 km rodovia estadual.

Trecho feito sem apoio e com calor de 40 graus de temperatura e muito calor. Mas, o visual maravilhoso das fazendas enormes com entradas belíssimas, e com um terreno com morros, mas sem ser montanha e um transito mais calmo por ser domingo. Um detalhe interessante: nas fazendas onde o gado estava ao lado da cerca, eles acabavam nos acompanhando como se estivesse numa corrida.

 

02/11 – 3º trecho – Nova Canaa – a Alta Floresta – 110 km

Pedal à noite, com temperatura em  26 graus de madrugada, mas a ideia era chegar as 06:00 hs no Rio Teles Pires, para curtir o levantar do sol e expressar nosso respeito e gratidão a esse rio tão imenso e majestoso para Mato Grosso. Fonte de milhares de peixes, de praias lindíssimas na seca, e últimos anos construção de usinas hidrelétricas (com seus pontos negativos e positivos). Foi uma verdadeira oração este contemplar na natureza esse belo rio.

 

Com dia claro e enfrentado o asfalto com muitos buracos , mas com cenário belíssimo de castanheiras a beira da estrada e represas. Nesse último dia pedalamos das 03:30 as 12:00 hs

Fonte:http://ateondedeuprairdebicicleta.com.br

Logo Canal do Ciclista
Logo Agência Super